21 de mai de 2013

Homenagem do Corpo da Guarda do CDP de Serra azul ao amigo de sempre


                                        AEVP ROBERTO LEMOS

Foi no dançar da capoeira que sua vida foi passando. 
Foi no rabo de arraia. 
Foi na exímia meia lua. 
Foi no som do birimbau.
E na dança, o corpo gira. 
Os braços sempre apoiando.
Gira um giro flutuando. 
Foi teu corpo a bailar.
Na toada lenta e forte que essa dança manifesta. 
É o gingado da mãe Africa.
É o negro sempre em festa.
Foi dançando capoeira que o Roberto nos deixou.
Vai então, homem de sorte.
Vai dançar lá entre as nuvens.
Vai e encanta a todos lá.
Como aqui nos encantou.
Vai e deixa a saudade que ao peito sempre invade quando alguém vai nos deixar.
Vai e leva sua dança. Capoeira vai dançar!
*06/05/1977     +20/05/2013