19 de dez de 2014

CLASSIFICAÇÃO PRÉVIA Publicada no Diário Oficial hoje executivo 1

2. CLASSIFICAÇÃO PRÉVIA.

Essa classificação foi obtida nos termos do disposto no

Capítulo 11 do citado Edital de Abertura de Inscrições:

2.1. Esta lista, em ordem de classificação, figura com

todos os candidatos aprovados, e contém: a classificação do

candidato (CLAS); o nome do candidato (NOME); o número de

inscrição do candidato (INSCRIÇÃO); o número do documento

de identificação do candidato (DOCUMENTO); a nota final (N.F.)

9 de dez de 2014

INSCRIÇÕES DO CONCURSO AEVP 2014 FOI PRORROGADO ATE 23 DE JANEIRO DE 2015

SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA
CONCURSO PÚBLICO PARA A CLASSE DE AGENTE DE
ESCOLTA E VIGILÂNCIA PENITENCIÁRIA (SEXO MASCULINO)
(ref. EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES E INSTRUÇÕES
ESPECIAIS 154/2014)
EDITAL 168/2014 – RETIFICAÇÃO DO EDITAL 154/2014
A COMISSÃO DE CONCURSO PÚBLICO constituída no
Departamento de Recursos Humanos da Secretaria da Administração Penitenciária pela Resolução SAP 160/2014, publicada
no Diário Oficial do Estado de 13-1-2014, TORNA PÚBLICAS as
decisões constantes a seguir relativas ao Concurso Público para
o cargo de Agente de Escolta e Vigilância Penitenciária (sexo
masculino), disciplinado pelo Edital 154/2014 publicado no
Diário Oficial do Estado em 14-11-2014.
1) - Dar nova redação ao item 3.3. do Edital 154/2014:

“3.3. As inscrições somente poderão ser realizadas pela
internet, no site da Fundação VUNESP (www.vunesp.com.br),
na página do respectivo Concurso, no período das 10 horas de
24-11-2014 às 16 horas de 23-1-2015.”

2) - Reabrir o período de solicitação de redução de taxa de
inscrição. Para tanto, os itens 3.9. até 3.9.3. do Edital 154/2014
passam a ter a seguinte redação:
“3.9. O candidato que preencher, CUMULATIVAMENTE, as

1 de dez de 2014

http://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/noticia/2014/11/agente-penitenciario-e-encontrado-morto-em-canavial-de-serrana-sp.html

Este link acima, é de um companheiro  assassinado ,  orgulhoso de ser AEVP, saiu do conforto de expectador e fez algo por todos nós, quando a pastoral carcerária fazia campanhas para que nós não conseguíssemos o porte de armas , o amigo Carlos,  elaborou uma carta aberta destinada a nós e pastoral. Pediu a mim a publicação do seu trabalho.

Que Deus lhe ampare, conforte sua família.


Coloquemos nossos caminhos nas mãos de Deus, que ele nos guie e nos livre de todo mal, de toda, trapaça do inimigo, foquemos na vitoria e ela já é nossa.






publicação original em 27/12/2012

 http://escoltaevigilanciapenitenciaria.blogspot.com.br/2012/12/carta-aberta-aos-colegas-de-trabalho-e.html?m=1


Carta aberta aos colegas de trabalho e à Pastoral Carcerária “Quem poupa o lobo sacrifica as ovelhas!”  ( ESCRITA PELO AEVP Carlos Gil Siqueira Campos )





Carta aberta aos colegas de trabalho e à Pastoral Carcerária

“Quem poupa o lobo sacrifica as ovelhas!”
Impressionou-me a pertinência da frase de Victor Hugo incluída num contexto rico, explicitando com sabedoria, uma realidade: A realidade de toda uma classe trabalhadora. Classe essa, que além de lutar contra as limitações impostas pelo sistema, ainda tem de lutar contra a insensatez de quem deveria ter como missão defender homens de bem, para que esse nosso mundo fosse um pouco melhor. Ter misericórdia do seu semelhante é uma coisa, mas denegrir a imagem de pais e mães de família trabalhadores, em detrimento daqueles que cometem crimes de toda sorte, associados ou não a facções criminosas ou outras organizações criminosas, aí já se torna indecente.
Cristo, ao chegar ao templo e ver um comercio montado, chicoteou e expulsou a todos, assim como quando viu o arrependimento de uma adultera, desafiou a hipocrisia social e a perdoou de seus pecados. Mas Ele a perdoou e disse: “Vá e não peque mais!”.

Enquanto homens e mulheres são mortos sem direito de defesa, vem alguém se dizendo representante de Cristo e de Sua vontade, para defender a quem nos mata, vestindo-os de cordeiros e nos vestindo de lobos.
 O porte legal de arma, é uma gota de oxigênio para uma classe de seres humanos trabalhadores da área da segurança pública sufocada pelo terror a que são expostos no seu dia a dia, não só dentro de suas unidades de trabalho, mas no seio de sua família e no sacrossanto refugio de seu lar, enquanto conquista, é só um grão de areia na beira da praia. Enquanto criminosos, ainda que dentro das instituições carcerárias, são ajudados a cometer mais delitos por aqueles que “deveriam” dissuadi-los do erro.
Repudio veementemente a campanha encabeçada pela pastoral carcerária, numa ação que toma contra quem ela deveria defender e apoiar, pois funcionários bem equipados, vivos e satisfeitos, iriam atender, “ainda melhor”, àqueles que estão sob seus cuidados. O desconhecimento de causa que se torna flagrante no texto redigido e assinado por aquela infeliz instituição é assombroso e a falta de decência é vil!
Estes que tomaram esta postura contra a decência e contra o trabalhador deveriam se envergonhar de se dizerem servos de Deus, pois não o parecem, pelo menos o Deus de Isaque e Jacó, o mesmo Deus que libertou os Israelitas das mãos criminosas dos egípcios e os matou a todos, tragando-os sob as aguas. Do mesmo deus que ordenou aos seus discípulos que pregassem o evangelho para toda a criatura e aquela porta em que batessem e se abrisse, ali ceariam e abençoariam, porém a que não se abrisse, deveriam sacudir a poeira de suas alparcas, dar as costas e seguir em frente. E ainda mais, que seus pertences fossem apenas suas simples vestes e nada mais e não toda essa pomposidade ostentada por esses que se dizem representantes de Cristo. “Diga-me onde está o teu coração que eu te direi onde está o teu Deus!” Assim diz a palavra do Senhor Deus, o Verdadeiro e Único! O arrependimento é para todos, mas quem não se arrepende será condenado. Esse comportamento apostata que se mostra nesses “religiosos” um dia será cobrado, pois o sangue dos inocentes já sujou as suas vestes e essa mancha aparecerá no último dia!
“Quem pode entrar num chiqueiro e manter-se limpo?”

Quero parabenizar ao meu colega, Roberto Wagner dos Santos Junior, ASP
em São Paulo, pela sua destreza, sua sensibilidade, seu conhecimento e sua coragem.

Este que humilde e respeitosamente, deu uma tremenda lição em quem vem se meter onde não deve.

Atenciosamente,
Carlos Gil Siqueira Campos 

AEVP, Agente de Escolta e Vigilância Penitenciaria do estado de são Paulo, com muito orgulho. Formado em comunicação social, com habilitação para publicidade e propaganda, pela Faculdade Barão de Mauá, em Ribeirão Preto. Profissional da área de segurança privada, com várias habilitações, há 22 anos.

Vários cursos de formação dirigidos à segurança pública, realizados pelo ministério da justiça.


27 de nov de 2014

RESULTADO I.S. DO CONCURSO AEVP 2013

SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA
CONCURSO PÚBLICO PARA A CLASSE DE AGENTE DE
ESCOLTA E VIGILÂNCIA PENITENCIÁRIA (SEXO MASCULINO)
(ref. EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES E INSTRUÇÕES
ESPECIAIS Nº 023/2013
EDITAL CCP Nº 160 DE 26-11-2014
DIVULGA O RESULTADO DA 4ª FASE DESTE CONCURSO
(COMPROVAÇÃO DE IDONEIDADE E CONDUTA ILIBADA NA
VIDA PÚBLICA E NA VIDA PRIVADA E INVESTIGAÇÃO SOCIAL)
REALIZADA EM 01.06.2014
A COMISSÃO DE CONCURSO PÚBLICO, constituída no
Departamento de Recursos Humanos da Secretaria da Administração Penitenciária pela Resolução SAP nº 202/2012, publicada
no DOE de 28.09.2012, que cuida do Concurso Público para
o cargo de Agente de Escolta e Vigilância Penitenciária (sexo
masculino), regido pelo Edital nº 023/2013 (Edital de Abertura
de Inscrições e Instruções Especiais), publicado no DOE de
09.03.2013, retirratificado pelo Edital nº 049/2013, publicado no
DOE de 18.04.2013, TORNA PÚBLICO/DIVULGA o resultado da
4ª fase deste Concurso (Comprovação de Idoneidade e Conduta
Ilibada na Vida Pública e na Vida Privada e Investigação Social)
realizada em 01 de junho de 2014 (candidatos convocados por
meio dos Editais nºs 062/2014 e 073/2014, publicados, respectivamente, no DOE de 26.04.2014 e de 14.05.2014).
Este resultado contempla a aplicação de 01.06.2014 e foi
obtido em conformidade com o disposto no Capítulo 10 do
citado Edital de Abertura de Inscrições e que segue adiante
transcrito:
“10 – DA COMPROVAÇÃO DE IDONEIDADE E CONDUTA
ILIBADA NA VIDA PÚBLICA E NA VIDA PRIVADA E INVESTIGAÇÃO SOCIAL
10.1. Somente serão convocados para a comprovação de
idoneidade e conduta ilibada na vida pública e na vida privada
e investigação social os candidatos considerados “APTOS” na
aferição de altura e prova de condicionamento físico.
10.2. A convocação para a comprovação de idoneidade e
conduta ilibada na vida pública e na vida privada e investigação
social será publicada oportunamente no Diário Oficial do Estado
de São Paulo (DOE) – Poder Executivo – Seção I – Concursos.
10.3. A comprovação de idoneidade e conduta ilibada na
vida pública e na vida privada e investigação social será realizada no município de São Paulo.
10.4. A informação relativa à(s) data(s), ao(s) horário(s)/
turma(s) e aos(s) local(locais) dessa comprovação e investigação social será feita oportunamente por meio de publicação do
Edital de Convocação no Diário Oficial do Estado de São Paulo
(DOE) – Poder Executivo – Seção I – Concursos.
10.4.1. O candidato deverá acompanhar a publicação do
Edital de Convocação no DOE e poderá consultar o site da
Fundação VUNESP (www.vunesp.com.br), na respectiva página
do Concurso, ou ainda contactar a Fundação VUNESP, por meio
do telefone (0xx11) 3874-6300, nos dias úteis compreendidos
entre segunda-feira a sábado, das 8 às 20 horas. É de inteira
responsabilidade do candidato acompanhar a convocação, assim
como seu comparecimento em dia, hora e local corretos, conforme constante do Edital de Convocação publicado no Diário
Oficial do Estado de São Paulo (DOE) – Poder Executivo – Seção
I – Concursos.
10.4.2. O candidato somente poderá realizar a comprovação de idoneidade e conduta ilibada na vida pública e na
vida privada e investigação social na data, horário, local e sala
constantes do Edital de Convocação publicado no Diário Oficial
do Estado e que constará, também, no site da Fundação VUNESP
(www.vunesp.com.br), na respectiva página do Concurso, não
podendo ser alegada qualquer espécie de desconhecimento
para justificar o seu atraso ou a sua ausência ou a sua apresentação em dia, horário ou local diferentes dos estabelecidos
nesse Edital.
10.5. O candidato deverá chegar ao local da comprovação
de idoneidade e conduta ilibada na vida pública e na vida privada e investigação social constante do Edital de Convocação
com antecedência mínima de 60 (sessenta) minutos do horário
estabelecido para o seu início, não sendo admitidos retardatários, sob pretexto algum, após o fechamento dos portões, e não
haverá segunda chamada seja qual for o motivo alegado para
justificar o atraso ou a ausência do candidato.
10.6. Somente será admitido no local da comprovação de
idoneidade e conduta ilibada na vida pública e na vida privada
e investigação social o candidato que estiver:
10.6.1. munido de um dos seguintes doc

14 de nov de 2014



PUBLICADO EDITAL ABERTURA 

CONCURSO PARA AEVPs 1.593

13 de nov de 2014

Resolução SAP - 160, de 12-11-2014
Dispõe sobre a constituição de Comissão visando
a realização de concurso público para Agente de
Escolta e Vigilância Penitenciária

3 de out de 2014

Resolução SAP - 140, de 2-10-2014
Dispõe sobre a constituição de Comissão responsável pelos procedimentos necessários à realização
da Investigação Social dos candidatos ao cargo
de Agente de Escolta e Vigilância Penitenciária,
referente ao concurso público regido pelo Edital
CCP 023, publicado em 09-03-2013

30 de set de 2014

Resolução 138, de 29-9-14 

Regulamenta as atribuições do Agente de Escolta e Vigilância Penitenciária, designado como Chefe de Equipe de Escolta Armada de Presos, no âmbito desta Pasta

10 de set de 2014

Inscrições estarão abertas a partir do dia 12/09 para o Curso EAD SENASP .



Acesse o  LINK :      EAD SENASP    e  faça sua inscrição.

Constitui Grupo de Trabalho com o fim de estudar a implantação de plano de cargos e salários para a classe de Agente de Escolta e Vigilância, quando na função de escolta de presos

Resolução SAP - 123, de 9-9-2014

Constitui Grupo de Trabalho com o fim de estudar
a implantação de plano de cargos e salários para
a classe de Agente de Escolta e Vigilância, quando
na função de escolta de presos, no âmbito
desta Pasta

O Secretário de Estado da Administração Penitenciária,
considerando
- que desde advento da Lei 898, de 13-07-2001, e alterações
posteriores, que instituiu na Secretaria da Administração
Penitenciária a classe de Agente de Escolta e Vigilância Penitenciária,
vinha sendo exercida pela referida classe somente a
função de vigilância das muralhas das unidades prisionais de
regime fechado;